Escrevo sem qualquer ambição estética e não sigo padrões.

A vontade de escrever chega junto com o desejo de me expressar e de dialogar, mas sobretudo é uma das minhas fontes de autoconhecimento. Por isso, expresso-me honestamente, sem me preocupar com o que será lido do outro lado.

É o exercício da escrita, cumprindo o seu fim, pelo próprio gesto.

Passo aqui, nessa quarentena, a registar minhas ideias, bobagens e sentimentos, sem nenhuma hierarquia, pois todas fazem parte de mim.

O nome do site, cérebro&coração, é uma homenagem à luta interna - e eterna - das facetas que habitam minha mente e minha alma.

Becky Korich